Última atualização: 08/02/2017


          A origem da Igreja Matriz Jesus Bom Pastor se data muito antes da data de sua fundação. Voltamos para o início da década de década de 70, onde havia numa região do bairro uma comunidade católica, porém sem uma organização formal fazia que as pessoas desta área se deslocassem até a Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores e São Judas Tadeu para que fossem atendida por uma comunidade com estrutura paroquial.

          O crescimento populacional da região fez crescer a necessidade de se criar um Templo próprio mais próximo da comunidade e então atendendo essa necessidade foi criado o Centro Comunitário Nossa Senhora do Trabalho, que fora fundado dia 16 de agosto de 1978. Neste centro, eram feitas orações e assistencial espiritual ao povo, mas era necessário construir-se um Templo.

           As pessoas que ali frequentavam esse centro, com muita vontade e empenho, se lançaram as obras para a construção de um Templo naquela área. No dia 1º de maio de 1979, foi inaugurado o templo primitivo de nossa atual paróquia, com o nome de Capela Nossa Senhora do Trabalho.

          A capela, pertencia a Paróquia Nossa Senhora das Dores e São Judas Tadeu, e ao ser construída já havia-se a intenção de elevá-la a Igreja Matriz. Foi assim que aconteceu, e em 8 de junho de 1979, a Capela Nossa Senhora do Trabalho foi desmembrada da Paróquia Nossa Senhora das Dores e São Judas Tadeu.

           Em 28 de junho de 1979, Vossa Eminência Reverendíssima Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales, saudoso arcebispo da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, que na época elevou a então Capela Nossa Senhora do Trabalho, através de um decreto de criação, para categoria de igreja matriz, recebendo o título de Igreja Matriz Jesus Bom Pastor. Em 30 de setembro do mesmo ano, o título do tempo foi fixado oficialmente numa celebração solene.

           A recém criada Igreja Matriz já nascia com uma grande demanda de atendimento da região e pelo templo primitivo ser pequeno, a comunidade paroquial novamente se une para o início das obras de nosso atual templo. Após 10 anos de obras, em 28 de junho de 1989, nas comemorações do jubileu de estanho da paróquia, foi inaugurado a nova e atual Igreja Matriz da Paróquia Jesus Bom Pastor de Anchieta, que conhecemos até os dias atuais.

          No ano de 1982, iniciou-se a construção da casa paroquial, que teve a conclusão de suas obras no mesmo ano.  As obras de 1987, 1994 e 1998, tiveram como objetivo a construção e o término das obras para que hoje tenhamos o prédio paroquial e as salas da catequese.

           A Igreja Matriz Jesus Bom Pastor, atualmente pertence a I Forania do Vicariato Suburbano da Arquidiocese do Rio de Janeiro, tendo o Reverendíssimo Padre Benedito Jales Dantas como pároco e administrador paroquial. Seu templo está localizado na Rua Sancho de Faro, número 680, esquina com a Rua Inácia Gertrudes, no bairro de Parque Anchieta, zona norte da cidade do Rio de Janeiro.

 

          Histórico de Padres:

  • 15/05/1979 – Posse do primeiro pároco, Padre Eugênio Gonzáles Gil, na época que ainda éramos Comunidade Nossa Senhora do Trabalho
  • 08/02/1983 – Posse do Padre Nelson Penteado como pároco
  • 20/08/1991 – Nomeação do Padre Koodathimal Joseph Thomas, que veio ser vigário paroquial do Padre Nelson
  • 17/07/1994 – Padre Roque Costa Souza foi empossado como foi vigário paroquial, porém ficou apenas 4 meses em nossa paróquia
  • 27/11/1994 – Posse do Padre Edivino Alexandre Steckel como vigário paroquial, tendo ficado por 8 meses na paróquia
  • 30/07/1995 – Posse do Padre Elson Ferreira do Nascimento
  • 07/10/1999 – Posse do Padre Sandoval Matias da Silva
  • 07/05/2001 – Posse do Padre Benedito Jales Dantas como vigário paroquial
  •  xx/xx/2004 – Nomeação do Padre Benedito como pároco da Paróquia Jesus Bom Pastor
  • 29/01/2017 – Posse do Padre Mário Antônio Barbosa Filho, como novo pároco da Paróquia Jesus Bom Pastor

 

          Histórico de Diáconos

  • 04/09/1987 – Nomeação do diácono permanente Saulo Rachid
  • 06/06/1991 – Nomeação do diácono transitório Marcílio Caetano do Nascimento para exercer o diaconato em nossa paróquia. O hoje Padre Marcílio foi ordenado sacerdote em 08/08/1992.
  • 22/11/2008 – Ordenação do diácono permanente Luiz Cláudio Silva de Faria, presente em nossa paróquia até os dias atuais

 

 

DECRETO DE CRIAÇÃO E EREÇÃO
Da então Capela Nossa Senhora do Trabalho para Paróquia Jesus Bom Pastor
Data: 28 de junho de 1979